Gentoo Logo

Aviso : Este documento não é válido e não é mais mantido.


Guia de kernel do Gentoo Linux

Conteúdo:

1.  Introdução

Como com todas outras coisas no Gentoo Linux, a filosofia do time do kernel do Gentoo é dar para você, o usuário, o máximo de liberdade de escolha quanto possível. Se você olhar a saída de emerge -s sources, você verá uma grande variedade de kernéis para serem escolhidos. Neste documento, tentarei dar uma breve visão das metas de cada um dos conjuntos de patches que nós desenhamos no Gentoo e também explicar as outras fontes de kernel que deixamos disponíveis para você.

2.  Pacotes de kernel suportados

genkernel

Genkernel é uma ferramenta de kernel que pode ser usada para auto-detectar seu hardware e configurar seu kernel automaticamente. Isto é normalmente recomendado para usuários que não se sentem confortáveis compilando um kernel manualmente.

Para mais informações, por favor leia o Guia de genkernel do Gentoo Linux.

Propósito geral: gentoo-sources

Para a maior parte dos usuários, nós recomendamos o kernel gentoo-sources. Desde o lançamento do 2005.0, o Gentoo Linux usa o kernel 2.6 como padrão. A menos que você estiver especificamente usando um profile (perfil) de 2.4, o gentoo-sources será um kernel 2.6 na maior parte das arquiteturas.

gentoo-sources é um kernel baseado no Linux 2.6, com vários patches de kernel incluídos para consertar problemas de segurança, bugs de kernel, e para aumentar a compatibilidade com arquiteturas de sistemas menos comuns. O Linux 2.6 é a árvore estável oficial do kernel, e o desenvolvimento está ocorrendo rapidamente. Para a maior performance, suporte a hardware, e grande conjunto de novas funções, nós recomendamos usar a versão 2.6 ao invés da 2.4.

Algumas das arquiteturas de sistema menos comuns não são totalmente compatíveis com o Linux 2.6, e alguns usuários preferem o antigo e testado kernel do Linux 2.4; por este motivo oferecemos gentoo-sources (a versão 2.4). Os patches incluídos neste kernel são parecidos com os da versão 2.6, mais uma variedade de patches desenhados para adicionar funcionalidade e melhorar performance. O Linux 2.4 não está mais sendo desenvolvido - só consertos de bugs e segurança estão sendo incluídos nos novos lançamentos. Se você puder, nós sugerimos que você atualize para o Linux 2.6. Você pode achar o guia de migração útil.

O pacote gentoo-sources absorve a maior parte dos recursos do time de kernel do Gentoo. Ele é feito por um grupo de desenvolvedores talentosos, que podem contar com a experiência do famoso hacker de kernel Greg Kroah-Hartman, mantenedor do udev e responsável pelos subsistemas de USB e PCI do kernel oficial do Linux.

Kernéis normais: vanilla-sources

As próximas fontes com que muitos de vocês devem estar familiares como usuários de Linux são as vanilla-sources. Elas são as fontes oficiais de kernel lançadas em http://www.kernel.org/. Por favor note que nós não colocamos nenhum patch nestes kernéis - eles são puramente para pessoas que desejam rodar um kernel de Linux sem nenhuma modificação.

De forma parecida com o gentoo-sources, duas versões do kernel podem ser encontradas neste pacote: 2.4 e 2.6.

O Linux 2.4 é mantido por Marcelo Tosatti. Linus Torvalds, o criador original do Linux, passou a manutenção do ramo 2.4 do Linux para Marcelo quando Linus passou a desenvolver a nova árvore de kernel 2.6. Marcelo tem feito um bom trabalho em manter o 2.4 estável e seguro, e agora só está aceitando consertos de bugs e de segurança na árvore de kernel 2.4. Desenvolvimento real acontece na árvore 2.6 do kernel do Linux.

O Linux 2.6 é mantido por Andrew Morton, que trabalha próximo a Linus Torvalds para desenvolver um kernel de Linux rápido, poderoso e cheio de funcionalidades. O desenvolvimento está acontecendo em um ritmo incrível e esta árvore do kernel está agora muito madura.

Para servidores: hardened-sources e rsbac-sources

hardened-sources é baseado no kernel oficial do Linux e tem em vista os usuários rodando Gentoo como sistemas de servidores. Ele fornece patches para os vários subprojetos do Gentoo Hardened (como suporte para LSM/SELinux e grsecurity), junto com melhorias de estabilidade/segurança. Como o gentoo-sources, ele vem em versões de 2.6 e 2.4. Verifique http://www.gentoo.org/proj/en/hardened/ para mais informações.

rsbac-sources contém patches para usar Controles de acesso baseados em conjuntos de regras (RSBAC) e vem nos sabores 2.4 e 2.6. É mantido pelo Projeto RSBAC, um sub-projeto do Gentoo Hardened.

Importante: Estes kernéis oferecem patches poderosos para melhoria de segurança. Por favor leia a documentação antes de usá-los.

Kernéis dependentes de arquiteturas

alpha-sources, hppa-sources,mips-sources, sh-sources, sparc-sources e xbox-sources são, como seus nomes sugerem, patcheados para rodar melhor nas arquiteturas específicas. Eles também contêm alguns patches para hardware e suporte a funções dos outros conjuntos de patches mencionados acima e abaixo.

3.  Pacotes de kernel sem suporte

Irei descrever brevemente alguns dos outros sys-kernel/*-sources que você viu passar pela tela quando você rodou emerge -s sources. Vamos vê-los em ordem alfabética. Esses kernéis são fornecidos só como cortesia e os vários conjuntos de patches não são suportados pelo time do Gentoo.

ck-sources

ck-sources é o conjunto de patches de kernel de Con Kolivas. Este conjunto é primariamente desenhado para aumentar a resposta do sistema e interatividade e é configurável para cargas de trabalho variáveis (de servidores a desktops). O conjunto também está bem maduro e já passou por inúmeras iterações de desenvolvimento e ajustes. A ênfase de cada lançamento é na estabilidade e segurança. Suporte e informações estão disponíveis em http://kernel.kolivas.org e no canal #ck em irc.oftc.net.

git-sources

O pacote git-sources contém as últimas atualizações da árvore de desenvolvimento do kernel. Você deve usar este kernel se estiver interessado no desenvolvimento do kernel ou quiser testá-lo. Bugs devem ser relatados Sistema de rastreamento de bugs do kernel do Linux ou na LKML (Linux Kernel Mailing List).

mm-sources

O mm-sources é baseado no vanilla-sources e contém o conjunto de patches de Andrew Morton. Eles incluem as funções experimentais que serão incluídas no kernel oficial (ou que serão rejeitadas por queimarem sua máquina). O mm-sources é conhecido por andar rapidamente e pode mudar radicalmente de cara de uma semana para outra; hackers do kernel usam-no como local para testes de coisas novas.

Se você realmente quiser viver perigosamente e você acha que vanilla-sources é para garotinhas, experimente o mm-sources. Esteja avisado que o kernel é altamente experimental e nem sempre funciona como esperado.

openmosix-sources

O openmosix-sources tem patches para suportar o sistema openMosix (um conjunto de patches para um kernel orientado a cluster como o MOSIX, mas de código aberto). Para mais informações veja http://www.openmosix.org.

openvz-sources

OpenVZ é uma solução de virtualização construída no Linux. OpenVZ cria, isoladamente, servidores virtualizados seguros (VPSs) ou ambientes virtuais em um único servidor físico, habilitando uma melhor utilização do servidor e assegurando que as aplicações não entrem em conflito. Para mais informações, veja http://www.openvz.org

suspend2-sources

As suspend2-sources recebem tanto os genpatches, que são os patches incluídos no gentoo-sources, quanto Software Suspend 2, que é uma implementação nova e melhorada de suspensão para disco do kernel do Linux.

Este kernel é recomendado para usuários de laptop que freqüentemente dependem de poder suspender seus laptops e continuar a trabalhar em outro lugar.

uclinux-sources

O uclinux-sources são para CPUs sem MMUs, também conhecidos como dispositivos embedded. Para mais informações, veja http://www.uclinux.org.

usermode-sources

usermode-sources são os patches para User Mode Linux kernel. Este kernel é desenhado para permitir que o Linux rode dentro do Linux rodando dentro do Linux rodando ... O User Mode Linux é feito com intenção de testes e suporte a servidores virtuais. Para mais informações ao tremendo tributo a estabilidade e escalabilidade do Linux, veja http://user-mode-linux.sourceforge.net.

Para mais informações sobre UML e o Gentoo, leia o Guia de UML do Gentoo.

4.  Pacotes de kernel fornecidos antigamente

aa-sources

O aa-sources era um kernel altamente modificado com todos tipos de patches. O mantenedor deles parou de lançar patches de kernel e o pacote foi retirado porque estava desatualizado.

alpha-sources

alpha-sources era o kernel 2.4 com patches aplicados para melhorar a compatibilidade de hardware com a arquitetura Alpha. Os patches foram desenvolvidos e incluídos no kernel pricipal. Usuários de Alpha agora podem rodar qualquer versão recente do kernel sem necessidade de patches adicionais.

development-sources

development-sources, o kernel 2.6 oficial do kernel.org, pode agora ser encontrado no pacote vanilla-sources.

gentoo-dev-sources

gentoo-dev-sources, um kernel de 2.6 com patches para consertos de bugs, segurança e estabilidade, pode agora ser encontrado no pacote gentoo-sources.

grsec-sources

A fonte de kernel grsec-sources tem as últimas atualizações de grsecurity (grsecurity versão 2.0 e acima) que inclui, entre outros patches relacionados a segurança, suporte para PaX. Os patches do grsecurity são incluídos no hardened-sources, pacote que não está mais no Portage.

hardened-dev-sources

hardened-dev-sources pode agora ser encontrado no pacote hardened-sources.

rsbac-dev-sources

Os kernéis rsbac-dev-sources podem agora ser encontrados no pacote rsbac-sources.

selinux-sources

selinux-sources, um kernel 2.4 incluindo várias melhorias de segurança, tornou-se obsoleto com o desenvolvimento de segurança na árvore 2.6. Funções do SELinux podem ser encontradas no pacotes hardened-sources.

win4lin-sources

win4lin-sources tem patches para suportar as ferramentas de usuário do win4lin que permitem que usuários de Linux rodem várias aplicações de Microsoft Windows (TM) em velocidades quase nativas. Veja http://www.netraverse.com/ para mais informações.



Imprimir

Atualizado 30 de janeiro de 2006

A versão original desta tradução não é mais mantida

Resumo: Este documento dá uma visão geral de todas fontes de kernel que o Gentoo fornece através do Portage.

Sven Vermeulen
Autor

Brandon Low
Colaborador

Daniel Drake
Editor

Carl Anderson
Editor

Jorge Paulo
Editor

Benny Chuang
Editor

Gregorio Guidi
Editor

Shyam Mani
Editor

Marcelo Góes
Tradutor

Claudio Pereira da Costa
Tradutor

Donate to support our development efforts.

Copyright 2001-2014 Gentoo Foundation, Inc. Questions, Comments? Contact us.