Gentoo Logo

Aviso : Este documento não é válido e não é mais mantido.


O guia de configuração do GNOME

Conteúdo:

1.  O que é o GNOME?

O projeto

O projeto do GNOME é um projeto de software livre dedicado ao desenvolvimento do GNOME, uma suíte desktop de Unix/Linux e plataforma de desenvolvimento. A GNOME Foundation coordena o desenvolvimento e outros aspectos do projeto do GNOME.

O software

O GNOME é um ambiente de desktop e plataforma de desenvolvimento. O software livre é o desktop de escolha de vários líderes da indústria. É interessante tanto para usuários de negócios, como domésticos e desenvolvedores.

A comunidade

Como com qualquer grande projeto de software livre, o GNOME tem grandes bases de usuários e desenvolvedores. Footnotes contém notícias do desktop do GNOME para usuários; GnomePlanet é para hackers/contribuidores e Developer.Gnome.Org é para os desenvolvedores do GNOME.

2.  Instalando o GNOME

O que você precisa?

Antes de instalar o GNOME, você deve editar suas variáveis de USE. Certifique-se de que gtk e gnome estejam em sua variável de USE listada em /etc/make.conf. Se você quiser suporte para hald, o daemon de camada de abstração de hardware, adicione hal a suas variáveis de USE. A variável de USE howl traz detecção de DNS para o GNOME (como o Rendevouz no Mac OS X). Se você não quiser suporte a KDE (o outro grande ambiente de desktop), remova qt e kde.

Listagem de código 2.1: Exemplo de USE no /etc/make.conf

USE="-qt -kde gtk gnome hal howl"

Você também pode fazer a opção de uma instalação mínima do Gnome usando gnome-light:

Listagem de código 2.2: Instalando um ambiente GNOME mínimo

# emerge gnome-light

Quando terminar, comece a instalação do GNOME fazendo emerge do gnome e do xscreensaver:

Listagem de código 2.3: Instalando o GNOME

# emerge gnome xscreensaver

Isto irá demorar um pouco, então você pode começar a ler todos aqueles livros que sua mãe comprou, mas você nunca abriu. Pronto? Bom, agora atualize suas variáveis de ambiente:

Listagem de código 2.4: Atualizando variáveis de ambiente

# env-update && source /etc/profile

Se você prestou atenção na saída de seu último comando emerge, você perceberá que ele sugere adicionar famd ao runlevel default para que o nautilus e o gnome-vfs monitorem mudanças nos arquivos:

Listagem de código 2.5: Adicionando famd, hald e mDNSResponder ao runlevel default

# /etc/init.d/famd start
# rc-update add famd default

# /etc/init.d/hald start
# rc-update add hald default

# /etc/init.d/mDNSResponder start
# rc-update add mDNSResponder default

Primeiras impressões

Vamos primeiro olhar o que acabamos de construir. Saia de sua shell de root e faça log-in como usuário normal. Nós vamos configurar nossa seção para rodar GNOME quando nós rodarmos o comando startx (veja também Usando startx no Guia de configuração do servidor de X):

Listagem de código 2.6: Configurando o GNOME como ambiente de desktop padrão

$ echo "exec gnome-session" > ~/.xinitrc

Agora inicie seu ambiente gráfico rodando startx:

Listagem de código 2.7: Iniciando o GNOME

$ startx

Se tudo for bem, você verá o GNOME. Parabéns. Agora vamos ver como configurar o GNOME para atender às suas necessidades.

3.  Configurando o GNOME

O gerenciador de log-in gráfico do GNOME

Se você quiser que o gerenciador gráfico do GNOME (GDM) carregue automaticamente quando você iniciar (para que você possa fazer log-in graficamente), você deve adicionar o script de init xdm ao runlevel default:

Listagem de código 3.1: Adicionando xdm ao runlevel default

# rc-update add xdm default

Agora edite o /etc/rc.conf e altere a variável DISPLAYMANAGER.

Listagem de código 3.2: Editando o /etc/rc.conf

DISPLAYMANAGER="gdm"

Se você reiniciar agora, o GDM irá pedir seu nome de usuário e senha e irá usar o GNOME como ambiente de desktop padrão (mesmo que você tenha a opção de selecionar outro, claro, escolhendo dos disponível em /usr/share/xsessions/). Portanto, se você usar GDM, você não precisa editar o ~/.xinitrc.

Para usar a funcionalidade do hald simplesmente inicie o gnome-volume-manager e edite suas preferências.



Imprimir

Atualizado 25 de março de 2005

A versão original desta tradução não é mais mantida

Resumo: Um ambiente freqüentemente usado é o GNOME. Este guia tenta descrever todos aspectos do GNOME, incluindo instalação, configuração, uso, ...

Sven Vermeulen
Autor

Lars Strojny
Editor

Marcelo Góes
Tradutor

Donate to support our development efforts.

Copyright 2001-2014 Gentoo Foundation, Inc. Questions, Comments? Contact us.