Gentoo Logo

Aviso : Este documento não é válido e não é mais mantido.


Guia de Java do Gentoo

Conteúdo:

1.  O que é Java?

Visão geral

O Java é uma linguagem de programação desenvolvida por engenheiros da Sun Microsystems. A língua é orientada a objetos e desenhada para rodar em plataformas múltiplas sem a necessidade de recompilar código para cada plataforma. Embora Java possa ser compilado como um programa nativo, muita de sua popularidade pode ser atribuída à sua portabilidade, junto com outras funcionalidades como "garbage collection". A capacidade de compilar uma vez e rodar em várias plataformas é alcançada através do uso de compiladores just-in-time (JIT), que compilam bytecodes de Java em código nativo quando um dado programa é rodado.

Para poder rodar bytecodes de Java, é necessário ter um JRE (Java Runtime Environment) instalado. Um JRE fornece bibliotecas centrais, uma Java Virtual Machine dependente de plataforma, plug-ins para navegadores, entre outras coisas. Um JDK (Java Development Kit) adiciona ferramentas de programação, como um compilador de bytecodes e um debugger.

2.  Instalando um JRE/JDK

As escolhas

O Gentoo fornece numerosos JREs e JDKs. Entre as alternativas atuais, nós temos:

  • blackdown-jre e blackdown-jdk, o kit de Java Blackdown
  • sun-jre-bin e sun-jdk, o kit de Java da Sun
  • ibm-jre-bin e ibm-jdk-bin, o kit de Java da IBM
  • compaq-jre e compaq-jdk, o kit de Java da Compaq para Alpha/Linux/GNU
  • jrockit-jdk-bin, O kit de desenvolvimento de J2Se da BEA WebLogic

O padrão é o par de JRE/JDK Blackdown, já que é gratuito, sem necessidade de registro.

Os JRE/JDKs da Sun e da IBM são geralmente mais rápidos, mas obtê-los dá mais trabalho, já que você é obrigado a ler e aceitar a licença deles antes de baixar (a IBM ainda pede que você se registre).

Nossas ebuilds para os JRE/JDKs da Sun e da IBM irão notificar onde você pode ir para baixá-los.

Instalando os JRE/JDKs da Sun/IBM

Se você rodar emerge =sun-jdk-1.4.2.06 ou =ibm-jdk-bin-1.4.2, você será notificado que você precisa baixar as tarballs você mesmo. Isto é relacionado com as restrições de licenciamento do Sun JDK/JRE (online click-wrap license) e problemas de registro com o IBM JRE/JDK.

Nota: ibm-jdk-bin está mascarado atualmente, você pode ter que desmascará-lo para usá-lo.

Você deve baixar o(s) arquivo(s) indicado(s) em /usr/portage/distfiles. Uma vez que isso for feito, você pode rodar novamente o comando emerge, e o JRE/JDK será instalado devidamente em /opt.

3.  Configurando seu JRE/JDK

Visão geral

O Gentoo tem a capacidade de ter múltiplos JDKs e JREs instalados sem que eles entrem em conflito.

Usando a ferramenta java-config, você pode configurar o padrão do sistema se você tiver acesso de administrador (root). Os usuários podem usar o java-config para configurar seu próprio padrão pessoal, que é diferente do padrão do sistema.

Configurando um JRE/JDK padrão

Rodar o comando java-config --list-available-vms dará uma lista a você com todos JREs e JDKs disponíveis para seu sistema. Aqui está um exemplo de saída:

Listagem de código 3.1: Listando VMs disponíveis

# java-config --list-available-vms
[blackdown-jdk-1.3.1] Blackdown JDK 1.3.1 (/etc/env.d/java/20blackdown-jdk-1.3.1)
[blackdown-jre-1.3.1] Blackdown JRE 1.3.1 (/etc/env.d/java/20blackdown-jre-1.3.1)
[ibm-jdk-1.3.0] IBM JDK 1.3.0 (/etc/env.d/java/20ibm-jdk-1.3.0)
[ibm-jdk-1.3.1] IBM JDK 1.3.1 (/etc/env.d/java/20ibm-jdk-1.3.1)
[ibm-jre-1.3.1] IBM JRE 1.3.1 (/etc/env.d/java/20ibm-jre-1.3.1)
[sun-jdk-1.4.0] Sun JDK 1.4.0 (/etc/env.d/java/20sun-jdk-1.4.0)

O nome dentro das chaves "[]" é o nome ou ID daquele VM em particular. Você pode passar a ID ao java-config --set-system-vm. Aqui está um exemplo de como configurar o VM de sistema.

Listagem de código 3.2: Configurando o VM de sistema

# java-config --set-system-vm=ibm-jdk-1.3.1
Now using IBM JDK 1.3.1 (/etc/env.d/java/20ibm-jdk-1.3.1)

Nota: Você terá de ser root para rodar --set-system-vm.

Uma vez que você tiver rodado java-config --set-system-vm com um ID de VM específico, você precisará gerar seu /etc/profile.env novamente. Você pode fazê-lo assim:

Listagem de código 3.3: Gerando seu /etc/profile.env novamente

# env-update

Depois disso, você deverá ou fazer log-in novamente, ou fazer source de novo do /etc/profile em seu ambiente.

Como usuário normal, você pode usar java-config --set-user-vm, que irá criar um ~/.gentoo/java-env com todas variáveis de ambiente necessárias. Você normalmente faria source disso no script de inicialização de sua shell (geralmente ~/.bashrc).

4.  Variáveis de USE para uso com Java

Configurando variáveis de USE

Para mais informações sobre opções de USE, veja o capítulo de Variáveis de USE do Manual do Gentoo.

As opções

  • A opção java adiciona suporte para Java em uma variedade de programas.
  • A opção nsplugin adiciona um link simbólico para o plugin de java para navegadores da família Mozilla (incluindo o Firefox) se você estiver usando, por exemplo, o kit de Java Blackdown, IBM ou Sun. Você precisa disto para ver applets Java em seu navegador da família Mozilla.

5.  Recursos adicionais

Recursos off-line

  • java-config man page
  • java-config --help
  • O próprio script /usr/bin/java-config

Recursos online



Imprimir

Atualizado 12 de dezembro de 2005

A versão original desta tradução não é mais mantida

Resumo: Este guia irá introduzir usuários e desenvolvedores ao Java e explicar como usar Java com o Gentoo Linux.

Karl Trygve Kalleberg
Autor e editor

Sven Vermeulen
Editor

Marcelo Góes
Editor e tradutor

Donate to support our development efforts.

Copyright 2001-2014 Gentoo Foundation, Inc. Questions, Comments? Contact us.